Cacau

Quando falamos cacau já pensamos em… Chocolate!
Mas o cacau vai muito além disso e vamos falar de alguns de seus benefícios! Ele tem capacidade antioxidante, ou seja, as catequinas, epicatequina e a quercetina presentes no cacau são responsáveis pelo aumento da atividade antioxidante, ou seja, combatem o excesso das espécies reativas de oxigênio que destroem sistema de defesa do nosso organismo provando doenças e envelhecimento!

Tem atividade cardioprotetora, diminuem a tendência de agregação plaquetaria e com isso a formação de coágulos! E oferecem proteção cardiovascular por modular moléculas envolvidas em processos inflamatórios!

Os componentes de cacau têm sido utilizados em doenças, como câncer de pele, psoríase, acne e cicatrização de feridas. Tem sido mostrado que o cacau tem um grande potencial não apenas para os tratamentos de doenças da pele, mas também para a sua prevenção (Scapagnini; ET AL, 2014).

Ele também melhora a hidratação da pele, aumenta o fluxo sangüíneo e melhora circulação cutânea e subcutânea!

Lembrete: temos que consumir cacau puro! Não vale chocolate lotado de açúcar e gordura! Porque ai não terá todos esse benefícios ta?!


 

Anúncios

Adoçantes

Segundo a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), os adoçantes são produtos especificamente formulados para conferir sabor doce a alimentos e bebidas.Chamados de edulcorantes, eles são divididos em naturais, extraídos de vegetais e frutas, e artificiais, produzidos em laboratórios!

Dentre os naturais temos: Stevia, Sorbitol, Manitol e Sucralose!

Dentre os artificiais temos: Sacarina, Ciclamato, Aspartame e Acesulfame-K.

Para as gestantes, se não for diabética de preferência ao açúcar mascavo ou demerara. Mas se a futura mamãe for diabética utilize a sucralose ou a stevia, já que são naturais. Alguns dos artificiais podem atravessar a barreira placentária!

Para cada adoçante existe uma recomendação adequada. Assim como o açúcar devemos consumir com moderação porque nada em excesso faz bem!

Nosso corpo não reconhece os adoçantes artificiais como nutrientes, mas sim como toxina, por isso, não são metabolizados. A sucralose, a sacarina e o acessulfame-K são eliminados na urina após o consumo, em até 24 horas, em excesso podem sobrecarregar rim e fígado.

Pesquisas recentes têm ligado o uso de adoçantes artificiais a alguns problemas de saúde como, síndrome metabólica, uma diminuição da função renal, e possivelmente uma alteração na regulação de açúcar no sangue causado por alterações na microbiota intestinal (DHINGRA ET AL, 2007; SEUZ ET AL, 2014).


 

Banana

Vamos falar dessa fruta super conhecida e muito consumida?

A banana é um super alimento. Fácil de encontrar e super pratica para consumir, basta descascar e pronto! Você tem em mãos um excelente lanche e uma ótima sobremesa!

É uma das principais fontes de hidratos de carbono e de açúcar. A banana é rica em fibras dietéticas melhorando assim o transito intestinal e na sensação de saciedade!

Rica em vitamina A, C e B, e minerais como ferro, zinco, potássio, cálcio e magnésio. Por isso é tão boa para nossos ossos.

Você sabia que comer banana nos deixa mais feliz? Sim, ela é rica em triptofano, percussor da serotonina, um neurotransmissor responsável pela sensação de bem estar e bom humor!

Muito tem se falado sobre a farinha de banana verde ou a biomassa de banana verde! Elas podem ser utilizados em diversas preparações como molho de tomate, bolos, patês e muito mais. Riquissimas em fibras ajudam a retardar absorção dos alimentos e como conseqüência evitam picos de insulina na corrente sanguinea!

Um estudo feito com mulheres acima do peso que consumiram 20gr de farinha de banana verde por dia durante 45 dias não promoveu perda de peso, porem reduziu circunferência do quadril. As mulheres que tinham síndrome metabólica, ou seja, pressão alta, diabetes, sobrepeso, tiveram redução na pressão arterial sistólica e na glicose de jejum (SILVA, ET AL, 2014).  

Disbiose

Disbiose é a alteração na flora intestinal. O número de bactérias patogênicas, ou seja, ruins aumentam e as beneficias diminuem. Sim nós temos bactérias boas no nosso intestino.

Por conta dessa alteração o intestino fica mais sensível e algumas substâncias que antes não passavam pela barreira intestinal começam a passar e podemos começar a ter alergias e intolerâncias.

Além disso, as bactérias maléficas também ultrapassam a barreira intestinal e com isso diminui a absorção de vitaminas e minerais, agravando ainda mais o quadro.

 E por que essas bactérias maléficas aumentam? Vários são os motivos: o ambiente em que vivemos, a poluição, o ar que respiramos, os alimentos contaminados com pesticidas, agrotóxicos, o uso abusivo de antibióticos e alimentos ricos em gorduras saturadas e carboidratos simples, dentre outros.

Quando temos um quadro de disbiose o ideal é procurar um nutricionista para que ele oriente a melhor dieta. O melhor é começar excluindo os alimentos mais alergênicos e aumentando as quantidades de prebióticos (contém o microrganismo vivo, exatamente o que precisamos) e probióticos (alimento que a bactéria boa precisa para crescer e se multiplicar).

Uma pessoa que esta com o intestino prejudicado pode vir a ter mais episódios de diarreia ou dificuldade ao evacuar, inflamações constantes, enxaqueca, irritabilidade, mau-humor dentre outros.

Disbiose não é brincadeira e não devemos tratá-la corretamente, procurar um médico e um nutricionista para que indique a melhor dieta, tudo tem que ser feito com cuidado e na presença de profissionais capacitados.

Aveia

Por que hoje a aveia é tão indicada?

Se prestarmos atenção, sempre tem algum alimento que esta em alta, ou seja, que todo mundo fala, compra e recomenda. Mas com a aveia eu percebo que não ficou somente no momento da “febre”, ela vem ganhando cada vez  mais espaço, uma vez que estudos comprovam seus reais benefícios.

A aveia tem recebido grande atenção porque tem um alto valor nutricional graças a quantidade e qualidade de suas fibras. 

Um estudo feito em ratos mostrou que a utilização do farelo de aveia como fonte de fibras alterou o perfil lípido dos animais, pois houve redução do colesterol total, LDL e triacilglicerol sérico e aumento no HDL sérico.

A grande responsável por reduzir o colesterol são as beta glucanas, um tipo de fibra solúvel, localizada na parece celular do grão.

Recomenda-se a ingestão de 3 gramas de beta glucanas por dia para assim vermos diferença nos níveis de colesterol sanguíneo. Encontramos essas 3 gramas em 1 xícara de chá de aveia!

Você pode incluir aveia no seu iogurte, na sua salada de frutas e em diversas receitas! É fácil e muito simples!

Segue abaixo uma receita com aveia!

Almondega de Cenoura e Aveia

Ingredientes:

  • 1 xícara de aveia
  • 1 xícara de cenoura ralada fina
  • Meia xícara de farinha de trigo
  • 1 ovo inteiro
  • Meia xícara de leite
  • 3 colheres de queijo ralado
  • Cheiro verde a gosto e picado
  • Manjericão
  • Sal

Modo de preparo: Misture bem todo os ingredientes e faça as almondegas. Com a forma untada, leve ao forno e asse por aproximadamente 20 minutos. Se preferir faça um molho de tomate caseiro e coloque por cima. 

Espero que gostem!

Até a próxima…

 

Ovos de Páscoa – Gluten e Lactose Free

Uma das épocas mais deliciosas do ano esta chegando, a Páscoa!

Bom demais!

Como hoje, muitas pessoas estão intolerantes a glúten e a lactose, resolvi fazer esse post para mostrar uma marca que desenvolveu ovos de páscoa sem esses dois vilões!

É isso mesmo, você que tem intolerância ou alergia a glúten ou lactose, fique tranquilo que sua páscoa também será uma delícia!

A marca que vou indicar é a Chocolife!

Ovo de Páscoa Beauty Care

Esse é ovo de páscoa deles é 40% cacau, sem lactose, sem glúten, 0% gordura, com fibras, com colágeno e vitaminas.

Ovo de Páscoa 70%

Esse é 70% cacau, sem glúten e sem lactose! Este ovo também tem a opção 50% cacau!

Essa marca também tem excelentes opções de chocolate, shakes, achocolates… Vale a pena conferir!

Para saber onde comprar acesse o site: http://www.chocolife.com.br/

Espero que tenham gostado!

 

 

Ervas Funcionais

Ervas funcionais – Principais funções

 

Não é uma delícia acrescentarmos temperos em nossa comida? Sempre dão aquele gostinho caseiro e gostinho de quero mais!

 

Para ficar ainda mais gostoso, abaixo vamos falar de algumas desses ervas funcionais e suas respectivas ações em nosso organismo!

 

Erva Funcional

Ação em nosso organismo

Canela

Estimulante e anti-diarreica, facilita digestão, ação termogênica e alto teor de cálcio!

Coentro

Contém ferro, sódio, vitamina A, B1, B3 e E além de cobre que é considerado protetor cardiovascular

Gengibre

Tem propriedades estimulantes devido a presença de vitamina B3 e B6 em sua composição (aliviam sintomas de tensão e pré-menstrual) além de vitamina C que é capaz de imunizar nossa organismo contra gripes, constipações, cicatrizar feridas, diminuir colesterol e defender nosso organismo de radicais livres). Tem um potencial antioxidante devido a presença de magnésio, zinco e selênio.

Cúrcuma (açafrão)

Ação antiinflamatória, atividade analgésica e um alto teor de beta-caroteno

Orégano

Potencial antioxidante

Hortelã

Alto teor de cálcio

Manjericão

Ação digestiva

 Até a próxima!